23 de julho de 2008

Meia voz...

Nunca imaginei que fosse tão ruim ficar sem falar direito, até porque eu sou tagarela ao extremo. E isso desde pequena. Ficar com meia voz ou quase nada durante 3 longos dias e me esforçar para dizer cada palavra é algo pelo qual eu nunca havia passado antes. É estranho e de certa forma bom ao mesmo tempo. Exercitei outras formas de comunicação. Pensei mais antes de dizer coisas desnecessárias.

Me dei um livro de presente: Entre a Mentira e a Ironia - Umberto Eco. Assim que eu terminar de ler vou publicar a resenha aqui.

Não sei o exato porque, mas o título me chamou a atenção. É um bom passatempo.

Mudando de assunto, hoje ou amanhã devo postar meu trabalho de Cibercultura. Está ficando legal, pelo menos eu acho.

Em agosto as aulas retornam à todo vapor. Espero me dedicar mais neste semestre. Enquanto minha voz não volta eu fico por aqui. Sem ter muito o que escrever, mas pensando em diversas coisas.

Distribua este texto

2 comentários:

  1. Com voz ou sem voz.... vc é uma pessoa extraordinária!

    Sem voz... conversamos tudo aquilo... espero revê-la com voz em breve!

    beejo... um fã... amigo... te adoro!

    ResponderExcluir
  2. ops... um admirador (nem é secreto)

    ResponderExcluir