9 de setembro de 2008

Palavras e pensamentos

Acho que há um bom tempo não escrevo um desabafo aqui, um daqueles textos drámaticos juvenis carregado de baboseiras sentimentos.

O que acontece é que finalmente minha vida saiu de um ciclo vicioso! Tanto que estou incorporando novas pessoas no meu dia-a-dia. Meus primos, meus amigos e outras pessoas mais.

Isso não quer dizer que abandonei todas as amizades antigas, na verdade só algumas. Ou se formos ver por um outro ângulo só deixei para trás o que me fazia mal.

É certo que ando pensando em cada passo meu. E tomando pequenas decisões que me surpreendem. Não por serem loucuras, mas justamente pelo contrário: por serem sensatas demais.

Me pego pensando em novas situações, em novas pessoas, em novos momentos. E sonho. De olhos abertos e bem acordada, mas sonho. Sonho de certa forma não querendo sonhar, não querendo me tornar (de novo) uma adolescente apaixonadinha...

Ou talvez eu esteja simplesmente dividida e entre a vontade e o medo em amar de novo. Vontade por me achar madura neste momento, vontade por já ter aprendido a lidar com meus sentimentos. Mas medo, muito medo, medo em sofrer de novo. Tá certo que (teoricamente) ninguém morre de amor, ou de coração partido. Mas que quem ama sabe bem o que é quase ficar desidratado de tanto chorar, ah sabe!

Hoje ainda é terça-feira e eu não faço idéia do que vou fazer no final de semana. Só tenho um desejo: repetir as coisas boas que me aconteceram e melhorar as que não foram tão legais assim...

2 comentários:

  1. vale arriscar, não? :)



    beeijo, pri :*

    ResponderExcluir
  2. Olha!
    Estamos em sintonia!
    Espero que todas essas mudanças sejam para o melhor, né?
    Boa sorte no furacão de setembro!
    Beijos!

    ResponderExcluir