27 de novembro de 2008

Separando sílabas

Repito nomes madrugada adentro. Na verdade o nome que eu repito é apenas um, mas testo outras sonoridades. Estranho me pegar repetindo um nome assim, dizendo separadamente cada sílaba, gostando de cada som.

Repito o nome enquanto os minutos se arrastam. Repito, enquanto imagino a noite lá fora, uma vez que a janela já foi fechada faz tempo. Troco palavras, leio e releio as poucas mensagens deixadas no aparelho celular.

Repito um nome madrugada adentro. Me pego imaginando coisas, criando cenas. Não quero criar expectativas. Não devo.

Repito a música, repito o som.
E penso novamente no mesmo nome, o nome de quem há tempos já está dormindo.

2 comentários:

  1. Que lindo! Estilo de texto que adoro escrever. Depois dá uma olhada no último texto que postei.
    Beijão Pri te cuida minha linda.

    ResponderExcluir