5 de dezembro de 2008

Desejos estúpidos

Que sejam muitas loiras e que venham tão estúpidas quanto minha garganta sedenta almeja. Que as loiras sejam boas, sejam bohemias e gostem da vida fácil que eu levo. Que me acompanhem e me façam rir. Que a presença delas seja tão intensa na minha vida que eu sinta o mundo diferente.

Pois é, tudo isso é vontade de tomar uma cerveja gelada, e principalmente, ter a companhia dos meus amigos queridos.

Desejo de deliciar-me com uma cerveja estupidamente gelada, de sorver cada gole como se fosse o último.

Chega logo "final de semana", chega porque te almejo, chega porque quero ferver, chegar porque quero beijar as bocas que me desejam, porque quero rever os olhares que me encantam, quero viver a vida que me espera. Chega, porque quero apagar deste meu peito essa dor, essa ausência que insiste em incomodar. Chega, mas venha acompanhado. Bem acompanhado de preferência. Chega porque a falta que eu sinto daquele amor pra vida toda me machuca a cada instante. Chega e me faz esquecer, me faz delirar, me faz amar novamente.

4 comentários:

  1. Também quero que ele chegue, pelos mesmos motivos, ou por ter tido uma semana um tanto quanto atribulada! Gostei do novo template!

    ResponderExcluir
  2. que template liiindo!

    Bom, vai ser brega agora... "Hoje é sexta-feeira, dia de cerveja" hehe.

    beijinhos, e vamos curtir cada fim de semana como se fosse o último, extravasar os nossos problemas.

    ResponderExcluir
  3. aaai, faça a oração da cerveja agora! heuaeh

    ResponderExcluir
  4. Post com cara de carpe diem, não sei porque.
    Beijos

    ResponderExcluir