2 de fevereiro de 2009

Dividindo

Fura Olho
Dizem que um dos segredos da vida é saber dividir. Dividir "paqueras" deve ser mesmo um segredo, aliás um segredo que ninguém aprende, ninguém compreende. Por que se tem algo que é irritante numa "amizade" é o chamado "fura-zóio".

Tudo bem que a gente não escolhe de quem vai gostar. E muito menos quem vai gostar da gente, mas aí vale pesar: o que vale mais? A amiga ou o objeto dos flertes?

Tem coisas que acontecem e saber dividir (ou não) é fundamental nessa hora. É uma sacola você sair com amigos, tipo aquele churrascão que vai toda a galera, você fica com o gato, vai dar uma voltinha pra pegar uma bebida e na volta vê aquela sua amiga no sofá junto com ele batendo maior papo... A princípio você até acha estranho, porque você já tinha comentado que era afim coisa tal, tal e coisa e acaba relevando.

Tudo bem, a relação acabou não indo pra frente, você se sentiu um brinquedinho, um corpinho bonito que passou pela mão do bonitão, pulou fora do barco, mas aquela "quedinha" básica continuou morando no peito. Até porque essas "quedinhas" são do tipo que a gente joga no freezer do peito, só pra poder conservar por mais tempo, aí um dado dia a gente sempre encontra com o "potinho" (que rima com software e hardware) jogado ali no canto esquerdo do peito, vai abrir e redescobre a tal da "queda" pelo fulano em questão. O ruim é que você só redescobre o "pote" quando meses depois você marca com uns amigos (os mesmos do churras) ir num barzinho, você chega depois ainda faz uma brincadeira com o objeto de flertes de meses atrás, e quando olha de novo a sua amiga tá lá, dando "uns beijos", no melhor estilo "casalzinho apaixonado".

Tudo bem que à essa altura do campeonato a única palavra que vem a cabeça é 'SIRIGAITA', palavra que, aliás, chega acompanhada de pensamentos do tipo 'O que ele viu nela?' ou 'Não acredito que esses dois estão juntos mesmo...' ou ainda a versão 'Eu precisava mesmo ver isso?'...

A solução? Teoricamente é desencanar. Achar os defeitos do cara e lembrar que vocês dois não deram certo então ele tem todo o direito de tentar com outra pessoa. Seria mais legal que não fosse justo a sua amiga (da onça)? Seria! Lógico que seria, mas fazer o quê? Homem não liga muito pra essas coisas, mas nós mulheres, bichos esquisitos que somos nos achamos no direito de achar que só porque estamos afim é nosso e ninguém tasca. Um erro? Sim. Afinal como eu disse lá em cima o segredo é saber dividir.


Ok, agora alguém por favor me passa a fórmula, que eu estou precisando?

6 comentários:

  1. Bom... eu ainda sou da teoria do
    "o q é meu ninguem tasca"
    kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkk'
    concordo com a babih
    mais olha flor , tem coisas q podemos dividir outras são só nossas , por examplo a gente não divide casa com estranhos , namorado é de uma só , mais não esquece que ele tem vida pra fala com outras também . ;D

    ResponderExcluir
  3. hahahahah eu ri mto pq eu SEMPRE penso "Deus, totalmente desnecessário eu ver isso"

    ResponderExcluir
  4. È, é meio dificil vê um garoto q vc ja teve uma quedinha com outra manina, ainda mais sendo sua conhecida ou colega.. msm vc naum tendo maiis nada a ver com ele.. querendo ou naum meio q "aquilo" ja foi seo ! ^^

    ResponderExcluir
  5. 1. # ELA: Se você não estivesse interessada por ele a suposta "amiga" também não se interessaria, pois é movida pela inveja. Inveja, não é só desejar alguém: é desejar esse alguém, *desde que* outra pessoa também o deseje. É até possível, que tua "amiga" tenha pensado que não deveria estar fazendo isso, dar em cima do mesmo homem q vc já estava afins, que isso não se faz, que iria queimar o filme dela com você, etc. Mas não bastam boas intenções: se ela for realmente tua amiga, vai conseguir se segurar e não vai dar em cima dele, ainda que ela esteja morrendo de vontade e ainda que ele manifeste interesse por ela. Se ela (ou elas) não conseguir (ou não conseguirem) se segurar, então não é (ou não são) tua(s) amiga(s) de verdade.

    2. # ELE: Por outro lado, é possível que ele também não valha nada, porque provavelmente sabia muito bem o que estava fazendo. Mais: devia estar adorando a situação, ser tão desejado assim faz um bem danado pra vaidade, é uma delícia. E se entrar mais uma no meio desse bolo, ele vai se sentir ainda mais nas alturas. Provavelmente ele pouco estava se lixando pra você, do mesmo modo que é bem capaz de trocar tua ex-melhor amiga por uma outra, facinho, facinho.

    ResponderExcluir
  6. Oii..vi seu blOg no Tudo de blog da Capricho... amei seu texto...
    bjO¹²³

    ResponderExcluir