23 de março de 2009

Interno. XXIV Outono

Cheguei em casa depois de uma bateria de eventos.
Com dificuldade carreguei todos os presentes do carro até o elevador.

O dia em que comemorei a chegada dos meus vinte e quatro anos teoricamente já havia acabado alguns minutos antes.

O Elevador chegou até a garagem.
Pensamentos já tomavam conta da minha cabeça, eu já pensava em algumas destas linhas escritas com sofreguidão, escritas na ânsia de não deixar esse sentimento ir embora.

Olhei no espelho enquanto subia os dezessete andares que me separavam do descanso tão almejado. Enquanto olhava procurava pelas marcas do tempo. Afinal dizem que tudo o que a gente vive fica de certa forma marcado no corpo. Procurei pelos meus vinte quatro anos no olhar, no sorriso singelo que eu carregava e carrego até agora.

Percebi que eu não precisava de um sorriso largo e escancarado pra dizer o quanto estou feliz. Nesse instante eu notei que eu sorria por dentro, sorria com o coração. Sorria numa felicidade que transborda pouco a pouco em cada atitude tomada. E que esse "sorriso interno" é muito maior do que meus lábios podem esboçar.

Estou sem palavras por tudo o que ocorreu de bom, de surpreendente nesse dia vinte e dois de março de dois mil e nove.

Acho que frase alguma vai conseguir dizer o quanto estou grata por todos que participaram de alguma forma desse final de semana marcante, envolvente e repleto de felicidade.

Cada recado no orkut, cada sms recebido, cada abraço colhido como uma flor delicada.
Cada sorriso que cada um de vocês, meus amigos, dividiram comigo.

Momentos em família. Momentos só. Momentos online.
Estou grata por todos. Pelos que que twittaram, os que apenas lembraram, os que ligaram, os que não puderam estar presente fisicamente, mas que estiveram na cabeça o tempo todo.

Não me cabe citar nomes: a lista é grande. Mas maior ainda é meu coração, porque dentro dele tem um pouco de cada um de vocês.

Uma data histórica, uma data com todos os motivos de ser lembrada e guardada com carinho.
Estou sim sem palavras. E radiante. E feliz. Mas não uma felicidade exagerada, estou vivendo uma felicidade serena e equilibrada. Um sentimento que me deixa leve e que quero preservar no peito.

E lembro de detalhes e dos sorrisos que eu dava quando via todos os que estavam ao meu redor.
Amigos, colegas, irmãos.

Surpresas. Muitas. Uma melhor que a outra. Conversas necessárias. Lágrimas necessárias. Despedidas também necessárias. Steve.

Como diz a bela Ana Carolina em estrofes cantadas por aí: Outro tempo começou pra mim agora, já sei olhar o rio por onde a vida passa.

Vinte e quatro anos.
Vinte e quatro muito bem vividos. Vinte e quatro horas a cada dia para serem vividas intensamente a cada novo nascer do sol.


É... mas tenho ainda muita coisa pra arrumar
Promessas que me fiz e que ainda não cumpri
Palavras me aguardam o tempo exato pra falar
Coisas minhas, talvez você nem queira ouvir

8 comentários:

  1. cara! só posso agradecer por ter uma amizade como a sua, rica em risadas, momentos de pura felicidade e loucura tbm porque não?
    a cada ano que passa, vejo que você é cada vez mais mulher, e nessa data que acaba de passar, vejo cada vez mais um futuro brilhante!
    parabéns minha priscila!
    muitas felicidades, muito sucesso e muita luz nessa vida, que já é muito iluminada!
    te amo muito!
    um grande beijo!

    Caio.

    ResponderExcluir
  2. Priii..
    PARABÉNS de novo floor!!

    VocÊ conseguiu me encher de alegria com esse post!!
    Que venham mais vários 24.. e que você consiga conquistar muuuita coisa na vida viiu!!
    Você merece!!

    'Nesse instante eu notei que eu sorria por dentro, sorria com o coração. Sorria numa felicidade que transborda pouco a pouco em cada atitude tomada.'
    É o melhor sorriso que você pode sorrir!!

    ;***

    ResponderExcluir
  3. começei a acompanhar seu blog ontem, porque vi o endereço dele na capricho
    parabéns para você, muitos anos de vida !
    adoro teu blog :P

    ResponderExcluir
  4. mto lindo post..
    parabeeeens
    minha prmiera vez aki
    xD^

    tem novidades no blog do aniversariante q vos escreve..

    sabe q é bm vind lá.
    abraçooo


    www.bagageirodocurioso.spaceblog.com.br

    ResponderExcluir
  5. Lindo texto, adorei ir no seu niver,
    continue assim FELIZ DA VIDA, faz bem a saúde
    thudo de bom pra vc.

    ResponderExcluir
  6. Que fofo dona Pri :)

    mas não posso deixar de comentar: se você fosse homem nem estaria frizando tanto o 24 né? uahuahuahuahhahuaua

    ResponderExcluir