6 de março de 2009

Palavras Anônimas

Às vezes penso em tudo que gostaria de dizer aos quatro cantos do mundo, penso nos amores e paixões que de tão grandes não cabem no peito, e que acabo segurando nas palavras.

Se pudesse dizer tudo o que penso em anônimo daria toques aos amigos mais chegados, diria que a bebedeira deles me incomoda de verdade. Diria também que acho babaquice fumar e que eu gosto muito de pensar do jeito que penso, ser careta como sou e odiar cigarro como odeio.

Diria também que fofoca quando é pra falar mal dos outros ou diminuir alguém, não me atrai, me incomoda também. Fofocar nesse sentido é tornar me igual a quem critico, tonar-se menos.

Se pudesse dizer tudo o que penso, sem sofrer as consequências por pensar assim, diria pra algumas pessoas que elas não são tão boas quanto pensam, que humildade é algo admirável hoje em dia. Diria que quem escolhe demais acaba só, até porque não existem pessoas perfeitas.

E não perderia também a oportunidade de fazer um merchan básico sobre a minha pessoa. Afinal seria anônimo e propaganda é alma do negócio.

4 comentários:

  1. é legal saber que existe gente assim,de cabeça boa, que não se influencia. parabéns pri, pelo texto e pelas opiniões
    :*

    ResponderExcluir
  2. o Cheiro de Cigarro no Cabelo, ainda mais de uma mulher é algo horrível.

    ResponderExcluir
  3. è bom saber que tem mais alguém aqui que não quer morrer de cancer no pulmão...
    bjoss

    ResponderExcluir