5 de agosto de 2009

Palavras engasgadas.

Odeio meu orgulho besta, odeio esse silêncio ensurdecedor, odeio as perguntas sem resposta.

Odeio me portar como adolescente, regressar no tempo com esse turbilhão de sentimentos. Não gosto das minhas mãos molhadas de suor quando falo ao telefone contigo, não gosto da maneira como disparo a falar e não te ouço.

Não gosto dessa situação.
Não aprecio a maneira como minha perna fica balançando incontrolavelmente cada vez que olho a janela do messenger. Não curto a forma como me programo para sempre ler e rever as mesmas palavras, as mesmas imagens.

Não curto a forma como nego tudo o que sinto. Não gosto de estar assim. Não gosto de perder o controle sobre a situação, sobre o que sinto e tudo o mais.

Odeio ligações perdidas no celular. odeio chamadas não retornadas.
Isso me transtorna, me tira a paz.

Essa ansiedade me corrói. Me deixa elétrica, agitada. Me torno impulsiva e tomo atitudes iguais as de uma criança que nunca se apaixonou e que não sabe lidar com o que sente.

Voltei no tempo. Voltei a sentir algo que jurava não mais sentir.
Não é amor, mas é aquela paixão boba e inconsequente. Aquela que não se importa em passar por cima do orgulho pra simplesmente dizer: Hey, me preocupo com você.

Palavras engasgadas. Perguntas sem respostas.
Até quando?

5 comentários:

  1. Owwn *-* lindo texto! Nossa... amei meeeesmo. Está muito bem escrito, e realmente consegue transmitir o sentimento que há nele. Muito bom, parabéééns!

    Adorei o seu blog. Bjks :**

    ResponderExcluir
  2. que lindo *_*

    é incrivel quando a gente se apaixona, é como dizem, a gente fica "bobo" =)

    bj

    ResponderExcluir
  3. O Orgulho é o pior conselheiro, sei que é duro passar por cima dele, mas às vzs é melhor!

    ;)

    Fabio Gouvêa
    http://001pontodevista.zip.net/

    ResponderExcluir
  4. Adorei o novo visual!

    Amei o texto... são palavras tão sinceras e coerentes que digo, com toda certeza, já passei (e ainda passo) por isso.

    BjO!

    ResponderExcluir
  5. Não preocupa... Todos passam por isso! Tenho certeza que muitos ao lerem este texto vão se identificar! "Odeio me portar como adolescente, regressar no tempo com esse turbilhão de sentimentos"... é, no fundo todos têm um pouco de adolescência! rs
    Muito bom seu texto, gostei = ]
    grande beijo

    ResponderExcluir