28 de setembro de 2009

De mansinho

Tem dias que a vontade de escrever chega assim, como o título: de mansinho. Vagarosamente.

As palavras, pequeninas - ou não - vão surgindo letra-a-letra no monitor. Os dedos, hoje não tão rápidos, traduzem em signos os pensamentos frescos que surgem borboleteando por aqui.

O dia quente e calmo passa ora correndo, quase voando, ora arrastando cada minuto, como se cada segundo fosse o segundo mais demorado e importante do século.

Pequenas alegrias completam a segunda-feira. Cada sorriso reflete a paz que ando sentindo. Sem querer ser pretensiosa, mas eu poderia tranquilamente dizer que nunca estive tão feliz. E estou.

Felicidade chegou de mansinho, e acredito que não vai embora tão cedo. Se bem que uma vida inteira pra ser feliz assim ainda é pouco.

2 comentários:

  1. dias assim em plena segunda feira, são mesmo só quando estamos completos, com o que somos, temos e pensamos. E que a vida continue assim, caminhando e seguindo o fluxo dessa boa energia, bons ventos. bjos pequena

    ResponderExcluir
  2. Amei seu texto *----*
    Vou tentar levar a vida de mansinho de agora em diante.
    Bjs
    Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir