3 de novembro de 2009

Desconversas e um monólogo.

Eu nunca sei das coisas. Acho que por isso sou tão contraditória. Ao mesmo tempo que não sei de quase nada, é como se no fundo eu já tivesse assistido a minha própria vida e soubesse o roteiro de trás para frente. Isso faz com que eu tenha uma intuição, um sexto sentido maior do que a grande maioria das pessoas. E pode ser também que eu apenas esteja blefando, induzindo os outros a acreditarem em minhas verdades...

Contradição. Ser o avesso do que já fui. O avesso do que serei. O avesso do que você gosta ou deixa de gostar. Diferente e estranho. Estranho e bom. E mesmo assim fica interessante, não ser o avesso do que eu era antes... Ser agora desedificante. Te virar pelo avesso. “Anormal”, como diria Fernanda Takai e sua banda.

E enquanto penso nas minha peraltices, lembro de como te encorajo a quebrar regras, a sermos pessoas politicamente incorretas por alguns segundos, mesmo que seja só pra correr e atravessar a rua com o sinal fechado para os pedestres. Crianças, por favor, desconsiderem a última sentença.

Gosto de planejar o futuro. Gosto de ser exceção assim como também gosto de misturar assuntos e voltar no tempo e lembrar de uma noite gostosa repleta de pretextos e com um show especial. Gosto de provocações, insinuações e recados dados. Também gosto de ser direta como uma flecha, e às vezes sútil como uma flor.

Eu não sei escrever. Não sei usar as palavras de uma maneira com que elas fiquem bonitas, alinhadas, gostosas de ler. Sei que coloco sentimento. Também sei dizer “Eu te amo”, e o digo por mais que eu ainda tenha medo. A sensação que tenho é que a cada “Eu te amo” meu, eu entrego ainda mais meu coração, tatuo uma letra a mais do teu nome sobre a superfície cicatrizada do meu peito.

Entre tequilas, um nome; entre os planos, um destino; entre tanta coisa: saudade.
O meu corpo ainda sente a presença do teu.

Um comentário:

  1. Ai que lindo !!!!! :)
    Por mais que vocês tenha escrito "...Eu não sei escrever. Não sei usar as palavras de uma maneira que elas fiquem bonitas, alinhadas , gostosas de ler ..." Foi exatamente isto que aconteceu. Parabéns , ótimo post!!!!!!!

    ResponderExcluir