3 de janeiro de 2011

Extrato bancário: Posso jogar fora?




Quem me acompanhou no twitter durante a tarde de ontem, viu que além de encontrar muita coisa no meu "baú" como disse a @fatimagamallo, também fiquei na dúvida de como proceder com extratos bancários.

No site do cartão Diners encontrei essas dicas para faturas de cartão e que achei também servissem para extratos bancários.

Mantenha as faturas recebidas, mesmo as pagas, durante pelo menos 90 dias e destrua-as antes de jogá-las fora. Saiba quando suas faturas devem chegar e fale com o Serviço de Atendimento a Clientes, se isso não acontecer a até dois dias antes do vencimento.

Continuei pesquisando e cheguei ao site Azevedo Sette Advogados, que preparou um material bem extenso, que vale ser consultado. Foi lá que matei minha dúvida:

Documentação Bancária:guardar por cinco anos, tempo exigido pela Receita Federal para esclarecer dúvidas sobre a Declaração de Imposto de Renda. Base legal: Lei 5.172 Art 173 do Código Tributário Nacional.

Lá você também encontra o tempo que você precisa guardar: Declaração de imposto de renda, recibos de condomínio e aluguel, notas e cupons fiscais, comprovantes escolares, recibos médicos, IPTU e IPVA e outros documentos.

Então tome cuidado na hora de fazer aquela geral nas suas coisas no começo do ano. Eu estava quase me livrando de um material que eu ainda posso vir querer consultar e que com certeza se eu não entrasse poderia trazer grandes dores de cabeça.

Pasta Arquivo
Começar o ano organizando a papelada é um dos passo pra não ficar perdido depois e que acaba otimizando o tempo.

O ideal seria separar tudo em pasta arquivo, organizadas por mês e ao final do ano passar todo esse conteúdo para uma pasta maior.

Um comentário:

  1. Hey querida, to organizando um sarau, aqui em sampa. Gostaria de dar as caras por aqui?

    ResponderExcluir