8 de abril de 2011

Missão "Procura-se": Depois da faculdade



Entre estágio, efetivação e promoção passei mais de três anos na Stereo Vale. Meu primeiro registro em carteira como jornalista pertence à radio que tem mais de 30 anos de história pra contar.

Após eu ter me formado fiquei mais um tempo por lá, fui promovida e ajudei na implantação do Jornal Stereo Vale, juntamente com a Jovana Bubniak. Aí juntei as habilidades de edição com o que aprendi na escola e me tornei repórter. A Jovana me auxiliou e muito nesse processo e me deu dicas preciosas. Mas tudo que é que bom acaba. A emissora foi adquirida pelo grupo Bandeirantes de Comunicação e grande parte da equipe foi desligada. Ainda que tenha sido uma saída triste, guardo ótimas recordações de lá e ainda hoje sou agradecida ao Elói Moreno por ter acreditado em mim.

Após sair da Stereo Vale fui parar na Unip à convite da Prof. Fátima Gamallo. Outra pessoa a quem devo muita coisa tanto no âmbito profissional quanto pessoal. Dentro da Unip eu fiquei responsável pelo laboratório de Rádio e TV do Campus Dutra, aqui mesmo em São José. Essa atividade me proporcionou muitas coisas. Além das (inúmeras) amizades conquistadas, entrei e comecei a gostar bem mais do universo acadêmico. Acredito que trabalhar na Unip me ajudou a desenvolver ainda mais o meu espírito de liderança, coordenação e desenvolvimento de projetos. Também vi que gosto de ensinar o que eu sei. Isso despertou em mim um desejo de lecionar.
E o desejo foi saciado: Em 2009 passei a dar aulas na Anhanguera Educacional de Jacareí. O 3º semestre de Publicidade e Propaganda teve a oportunidade de entrar pra minha história como professora de Linguagem e Produção em vídeo.

- Vídeo? Peraê, Pri, você não trabalho na rádio, de onde surgiu esse lance de vídeo?
- Calma que eu explico: Ainda na faculdade eu comecei a trabalhar voluntariamente na Univap TV. Hoje mudou de nome, mas o núcleo continua o mesmo. Fique por lá durante um ano. Nesse período aprendi a fazer edição de imagens, inclusive tenho alguns programas que foram veiculados nacionalmente na Rede Vida. Era o Vida e Cidadania. Durante esse um ano em que fiquei na Univap TV, editei as imagens de alguns desses, além de operar VT e mesa de áudio em transmissões ao vivo para o Canal 14, com o qual tínhamos uma parceria.

Uma curiosidade? Evaristo Costa também já trabalhou na Univap TV.

Aguarde, que ainda tenho mais a dizer sobre a minha vida profissional...

Um comentário:

  1. Como é bom recordar. Acompanhei (mesmo que às vezes a distância) boa parte dessa Carreira, principalmente na rádio hehehe Saudades daquela época....

    Beijos

    ResponderExcluir