29 de maio de 2011

Questões pra se pensar

Das coisas que eu nunca vou entender na vida:

Um gay, assumido ou não, que critica outra pessoa por sua orientação sexual.
Acredito que sendo "iguais" deveriam respeitar-se e lugar por respeito, visto que as manifestações de homofobia têm crescido e, o que mais assusta, seguidas de violência.

Se os próprios homossexuais não se respeitam, e trocam ofensas entre si, como vão, perante à sociedade, cobrar direitos iguais?

Não há palavra que defina meu nojo. Talvez "ridículo" se aproxime do ideal, mas "ridículo" ainda é pouco.

2 comentários:

  1. Somos iguais em nossas diferenças... E acredito ainda no poder da educação. Ambos os lados são marginalizados. Todos aprendemos desde sempre que ser gay é ser errado. Depois de uma suposta aceitação, nós ainda mantemos um certo nível de preconceito... Com os passivos, a maior parte contra as travestis e transsexuais, contra os afeminados, contra ursos, e por ai vai...

    Se tivermos uma população bem educada...
    Não vamos precisar lutar por igualdade.
    Embora, nossas predileções sempre nos levarão a ver que a grama do vizinho sempre é mais verde...e que isso sempre vai nos incomodar.

    ResponderExcluir
  2. Todos são iguais perante Deus (os religiosos deveriam-se lembrar disso).
    Todos são iguais perante a Lei (os demais também deveriam-se lembrar disso).

    :*

    ResponderExcluir