11 de janeiro de 2014

Fim

Acho que finalmente cheguei no que me tem feito pensar e repensar por esses dias: o fim.
Todo e qualquer fim é evitado. Passamos a vida inteira tentando prolongar tudo. Prolongar inclusive a vida.

Ciência, remédios, cosméticos... Tecnologia. Uma infinidade de coisas que tentam eternizar cada passo.
O fim é natural. De tudo. Seja um relacionamento, uma fase na vida, um emprego. Tudo chega ao fim. É possível, em alguns momentos, recomeçar, mas ainda assim é necessário ter antes um fim.

O fim é saudável quando é aceito. Deixa de ser triste. Nos permite fazer a escolha de começar de novo ou começar outra coisa.
Ter um fim não quer dizer ser esquecido. Existiu. Estava ali, mas acabou. Como tudo na vida acaba.
Só o espaço e o tempo são infinitos. Nós, eu e você, apenas passeamos, e tentamos inutilmente adiar o fim.

Por vezes nos prendemos tanto às coisas, às pessoas.
Sinto falta de me sentir livre o suficiente de deixar tudo e todos irem.
Sinto dificuldade em aceitar alguns finais.


Um comentário:

  1. Fim para um novo começo, mas antes do fim viva!! A vida não é "pá vê"....é pra viver. Aproveitar cada segundo...fazer valer a pena...

    ResponderExcluir