6 de fevereiro de 2014

Alicerces

Aí você passa a vida assim: esperando.
Esperando o sono passar pra levantar, esperando o sono chegar pra dormir.
Esperando aquela oportunidade pra mudar.
Esperando a inspiração pra escrever. Esperando sol para um dia de praia.
Esperando alguém dizer que está com saudades, pedir desculpas, esperando dos outros mudanças que você poderia ter.

Eu acredito em escolhas. Escolhi ser feliz e estou tentando a todo custo alcançar minhas conquistas.
E no meu caso, aprender a esperar é uma conquista. Sempre fui do time que faz acontecer. Não importa como ou onde, se por bem ou mal, mas sempre enfiei muita coisa goela abaixo. Em mim, nos outros.

Opiniões, sentimentos. Rotinas.
Serenar. Desde 2012 este sido o meu Norte.
Aquietar, contemplar.

Confesso que às vezes atrás de um sorriso escondo um coração partido.
Mas partido pelo quê?
O que é esse vazio que faz tempo que tá por aqui e não consigo preencher?
É mais de mim, mais de algo ou mais de alguém que preciso?

O certo é responder com a primeira opção. Mas e se eu estiver errada?

Procuro por um alicerce forte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário