25 de fevereiro de 2015

Sobre iniciativa.

Algo me diz que passarei por tempos difíceis no trabalho.
Não por falta de apoio, mas pelos desafios impostos e pela bomba-relógio que eu tenho em mãos.

Medo?
Tenho. Tenho muito. Nessas horas queria ter feito meu pé de meia com um pouco mais de antecedência.
Mas é a vida.


Novas pessoas para me ocupar a cabeça.
Gosto dessa coisa de ficar caçando sorrisos. Gosto de saber que alguém sorriu por minha causa.
É isso o que me faz dar bom dia para estranhos na rua. É isso que me faz segurar a porta, dar passagem...

Eu me preocupo com as pessoas ao meu redor. Se essa preocupação resulta em ações, são outros quinhentos...


Agora é hora de ir dormir. Dormir e tentar não esperar que a iniciativa de começar uma conversa tenha que ser sempre minha.
Depois volto pra falar mais sobre isso.






Nenhum comentário:

Postar um comentário