26 de maio de 2015

Pode ser?

Hoje é mais uma daquelas tardes de folga em que eu tiro um tempo para escutar música, fazer nada, organizar minhas coisas, dar uma limpa nos papéis que acumulam sobre a mesa.
Eu tenho a mania de tirar coisas da vida. Coisas. Pessoas.
Acho que coloquei tudo num mesmo saco e joguei fora.

Nada completa.
Faltam ambições. Na realidade, falta o desafio.
Tenho sentido falta de ter alguém interessante o suficiente para que seja um desafio.
Confesso que ando preguiçosa o suficiente para não querer um desafio tão grande.

Sei lá se são os anos, a vida, as experiências ou se é a minha chatice natural que anda reinando por aqui.
Tô sem paciência de ter as mesmas conversas, sabe?

Esse ciclo precisa ser quebrado.
A Lila disse, dia desses no snapchat, que precisa se reinventar. Tomei um pouco disso para mim.
Preciso me reencontrar.

"Qual é o rumo?" fico me perguntando e pensando.
Trabalho para não pensar. Porque pensar dói.
O grande mal do século é pensar. Sócrates está redondamente certo quando diz que tudo o que sabe é que nada sabe. Quanto mais sabemos, maior o nosso contato com o nada.
Ok, estou filosofando demais.

A questão é esse vazio indecente que brota nessas tardes... Um vazio de alma.
E eu simplesmente não consigo me planejar para preencher esse vazio.

Tem algo errado. E não é de hoje.
Eu estou engasgada;

Acho que é isso. Eu tô engasgada. Tô querendo vomitar todas as palavras, as angústias, a raiva que existe aqui.

Uma porrada de sentimentos que venho guardando.
Uma vontade sem fim de exigir respostas.

Aí eu paro, respiro. Percebo que não dá pra ser assim.
Não dá pra ser sempre do meu jeito, não dá pra ter todas as respostas, não dá pra prever o futuro.
Se bem que o que me incomoda é essa pseudo-inércia sentimentalística em que me encontro.

Aí eu erro. Aí os outros erram. Aí eu não sei o que fazer nem o com meu erro quanto mais com os dos outros.

Perdi o encanto. Eu quero nascer de novo. Pode ser?
Eu quero encontrar alguém com um perfil parecido com o meu, pode ser?
Eu quero voltar a estudar, pode ser?
Eu quero voltar a ter rotina, pode ser?
Eu quero minha promoção, pode ser?

Eu quero um futuro diferente do meu presente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário