14 de junho de 2015

Mineirando



Aí você viaja.
Sozinha.
Resolve pegar a estrada e conhecer uma parte da história do Brasil.
Resolve escrever a própria história.
Resolve começar um capítulo novo, sem apagar os anteriores.
Resolve tentar se (re)encontrar.

Chego a algumas conclusões.
Me apaixono por Minas Gerais. Pela história de um Estado, pela sua influência na história de um país.
Me interesso. Vou pegando a estrada. Real.
"Mineirando".
Encontrando ouro em paisagens. Em ausências. Em descobertas.
Sentimentos de ouro. Coração de Ouro.
Passo por Ouro Preto.

A cidade mais bonita, leva o nome de mulher: Mariana.
Avanço mais um dia, pego mais um pouco da estrada. O coração está longe. Aliás, o coração anda distante faz tempo.
Faz tempo que deixei meu coração logo ali. Aquele ali de mineiro...
Rita Lee. Amy Lee. Lee.

Chego a Belo Horizonte. Entendo o porquê a capital recebe esse nome.
O dia amanhece. Lentamente o Sol vai tomando seu espaço, vai colorindo o céu.Do alto, vejo a cidade. Feliz cidade.
Belo Horizonte me encanta em cada esquina, em suas largas avenidas, em seu povo com o sotaque "cantadim", com cada cadeira de botequim.
Não quero voltar. Ainda não cheguei ao fim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário