26 de abril de 2017

Missing

Ando com tanta saudade.
Me pergunto do que você sente falta.
Eu sinto falta das bobeiras. Da maneira como você me surpreendia as vezes, seja andando de mãos dadas, seja me dando um beijo em público ou ainda a maneira como você sorria pra mim.

Sinto falta da delicadeza do movimento das suas mãos. Da maneira como você tirava o relógio e pulseiras antes do sexo.

Pensando nessa linha, imagino você dirigindo. A maneira como deve trocar cada marcha e cada olhada no retrovisor. 

Eu gosto desses detalhes bobos. É lembrando disso que eu vejo o quanto eu sou extremamente apaixonada.
Brota um sorriso tão natural por aqui. É você ainda tem coragem de dizer que não é o melhor pra mim.
Filha, você não bate bem das ideias.
Você não precisa me comprar com presentes ou comidas.
Você só precisa ser você. E não vem com a ladainha de que eu não te conheço e bla bla bla...

Tô com saudade.
Queria que você tivesse outra recaída só pra eu ter a felicidade de dividir um pouco mais da minha existência com você.
Daria tudo por um café preparado por você enquanto assistimos Adventure Time...
Bocó de tamanho maior, você não faz ideia do quanto eu te amo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário