11 de maio de 2017

De ontem

Ainda estou com um sorriso estampado no rosto quando penso que conversamos numa boa, sem brigar, sem falar do passado.

Eu me preocupo, até porque não posso cuidar da forma como eu gostaria. Resta então ouvir e pensar com carinho.

Estabeleci algumas metas. Por enquanto tá tudo caminhando. Essa semana mesmo sem terapia está tudo ok.
A meditação parece que faz efeito, embora eu ache que ainda não consiga ter atenção plena.

No trabalho o desafio é motivar as pessoas. Como? Não faço ideia.

Sinto falta do perfume e da voz. Uma saudade sempre presente, sempre constante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário